Como definir suas metas e mensurar os resultados

Como definir suas metas e mensurar os resultados

Metas devem ser focadas em resultados, e por consequência resultados devem ser monitorados e avaliados constantemente para você ter um controle do seu negócio. Sabendo disso, o Ajuda MEI traz neste post dicas importantes, para você Microempreendedor Individual como estabelecer suas próprias metas e como saber administrar seus resultados.

Como definir suas metas?

Uma das primeiras coisas a pensar quando abrirmos um negócio é, no que queremos e o que faremos para alcançar isso, quando pensamos desta forma estamos, simplesmente traçando nossas metas e objetivos. Vamos deixar mais claro:

Objetivo é o propósito a alcançar (o que queremos), já as Metas são os objetivos deduzidos de forma mais detalhada e necessariamente ligadas a prazos. Observemos os exemplos:

Objetivos: Comprar um celular. 
Metas: Comprar um celular de última geração até o final do ano, que contenha boa memória e inteligência artificial para facilitar o meu dia a dia.

Entendendo esta diferença é importante saber que suas metas devem estar ligadas a fim de atingir um objetivo, existem diversas formas de traçar um caminho mas a maneira mais adequada para você MEI se orientar é bem simples:

Comece definindo um objetivo principal, e através das suas metas planeje, agora de forma mais detalhada e plausível da maneira que, seja alinhado com o que você realmente quer alcançar. 

Uma dica do Ajuda MEI: Poucos Microempreendedores conhecem, mas para auxiliar na definição das metas o método SMART pode ser muito útil. SMART é a sigla para Specific, Measurable, Attainable, Relevant and Time-based. Que é uma ferramenta criada com este propósito de ser usada  para mensurar qualquer objetivo e auxiliar no planejamento de maneira eficiente. Como usar o modelo SMART? Basta pensar em seu plano de ação levando em conta, as cinco letras e seus significados.

S (specific/ específico): Seja específico ao estabelecer as metas, não pense apenas “Quero aprender a falar inglês”, determine o que irá fazer e em quanto tempo acreditar precisar para isso, pense “Irei me matricular em um curso de inglês, para daqui a um ano, fazer um intercâmbio para aperfeiçoá lo”.

M (measurable/ mensurável): Mensurável é aquilo que tem medida, que possa ser contado. Portanto é  necessário que suas metas possam e sejam acompanhadas constantemente.

A (achievable/ atingível): Uma coisa muito importante é ser realista, por mais que seu produto ou serviço possua uma excelente qualidade, você do dia para noite não se tornará um Multinacional ou uma empresa Unicórnio. Portanto possua metas graduais, comece pensando no tamanho da sua empresa e acompanhe o crescimento dela com as metas. Pense em um passo de cada vez!

R (relevant/ relevante): O quanto o seu negócio é relevante para você e para as pessoas que você pretende atingir. Pode não parecer agora, mas esse é um dos passos mais importantes, aqui pensasse na sua visão, missão e valores, essa relevância é primordial, principalmente nos momentos mais complicados, onde saberá que seu negócio possuir valor.

T (time based/ temporal): Muito importante: crie prazos, ter o controle de suas metas é mais fácil quando se estabelece prazos a serem cumpridos. Objetivos sem prazos, correm sempre o risco de serem despriorizados.

Como avaliar os resultados?

Traçar metas e objetivos a curto, médio e longo prazo são fundamentais para qualquer organização, seja ela social, filantrópica ou uma corretora de seguros. Embora sejam diferentes tipos de uma organização, cada uma delas precisa definir metas e objetivos e mensurar esses resultados.

Avaliar os resultados das metas e objetivos é essencial para uma tomada de decisão segura e eficiente de uma empresa, e não deve ser tratada como uma mera informação ou indicador, muito pelo contrário, é através desses indicadores que você irá saber se a sua empresa está no caminho certo, onde você pode melhorar, tirar o que não está dando certo e que está consumindo tempo e energia do seu negócio. 

Alguns bons exemplos, são: O número mensal de vendas, quantidade de estoque, número de curtidas e seguidores nas redes sociais, número bimestral de despesas. Todos esses indicadores mostram algo, cabe a você como empreendedor interpretar esses dados e fazer as melhorias.

Uma dica que você pode utilizar na avaliação dos resultados é a de definir os indicadores de avaliação junto com as metas e objetivos. Por exemplo, a meta é ter R$2000 em vendas no mês, quais poderiam ser os indicadores? Números mensal de clientes, quantos clientes tornaram-se seus usuários, quantidade de produtos no estoque, feedbacks recebidos dos clientes. Ao definir quais serão os indicadores, você irá ter uma noção maior do que o seu negócio precisa para funcionar e dar lucro.

A avaliação das metas e objetivos faz parte de uma boa gestão empresarial, bons negócios são medidos através de seus resultados, e isso vale para qualquer tipo de negociação seja ela uma organização social, filantrópica ou até mesmo uma corretora de seguros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *